O nosso processo produtivoOur production processO nosso processo produtivoO nosso processo produtivo

Etapas Stages Mesures Treppe

RecriaRearingRecriaRecria

A Uniovo faz questão de acompanhar o processo produtivo, desde o primeiro dia. Por essa razão o núcleo produtivo, possui 4 centros de recria, que permitem acolher um efetivo de cerca de 200.000 pintas.

As pintas, chegam-nos provenientes de granjas certificadas, que possuem condições de multiplicação irrepreensíveis, do ponto de vista higio-sanitário. Desde esse dia em diante, as pintas são atentamente acompanhados pela vasta equipa técnica do grupo.

  • VG1 - Valgadão n.º 1 - capacidade 33000 aves
  • VG2 - Valgadão n.º 2 - capacidade 33000 aves
  • VG3 - Valgadão n.º 3 - capacidade 65000 aves
  • VG4 - Valgadão n.º 4 - capacidade 75000 aves

Uniovo wants to monitor all the production process, from day one. For that reason, our production center, has 4 pullet rearing centres, that allows to hold about 200.000 day-old laying hens.

The day-old laying hens, arrives to us from certified farms, that have exceptional breeding conditions, from the hygiene and sanitation, point of view. From that day, the laying hens are closely monitored, by our vast technical group.

  • VG1 - Valgadão n.º 1 - 33000 day-old laying henscapacity
  • VG2 - Valgadão n.º 2 - 33000 day-old laying henscapacity
  • VG3 - Valgadão n.º 3 - 65000 day-old laying henscapacity
  • VG4 - Valgadão n.º 4 - 75000 day-old laying henscapacity

A Uniovo faz questão de acompanhar o processo produtivo, desde o primeiro dia. Por essa razão o núcleo produtivo, possui 4 centros de recria, que permitem acolher um efetivo de cerca de 200.000 pintas.

As pintas, chegam-nos provenientes de granjas certificadas, que possuem condições de multiplicação irrepreensíveis, do ponto de vista higio-sanitário. Desde esse dia em diante, as pintas são atentamente acompanhados pela vasta equipa técnica do grupo.

  • VG1 - Valgadão n.º 1 - capacidade 33000 aves
  • VG2 - Valgadão n.º 2 - capacidade 33000 aves
  • VG3 - Valgadão n.º 3 - capacidade 65000 aves
  • VG4 - Valgadão n.º 4 - capacidade 75000 aves

A Uniovo faz questão de acompanhar o processo produtivo, desde o primeiro dia. Por essa razão o núcleo produtivo, possui 4 centros de recria, que permitem acolher um efetivo de cerca de 200.000 pintas.

As pintas, chegam-nos provenientes de granjas certificadas, que possuem condições de multiplicação irrepreensíveis, do ponto de vista higio-sanitário. Desde esse dia em diante, as pintas são atentamente acompanhados pela vasta equipa técnica do grupo.

  • VG1 - Valgadão n.º 1 - capacidade 33000 aves
  • VG2 - Valgadão n.º 2 - capacidade 33000 aves
  • VG3 - Valgadão n.º 3 - capacidade 65000 aves
  • VG4 - Valgadão n.º 4 - capacidade 75000 aves

ProduçãoProductionProduçãoProdução

Com a idade de aproximadamente 18 semanas, as frangas estão já em condições de serem acolhidas nas unidades de postura.

Após este processo, as frangas iniciam novo ciclo, a fase de postura. Neste fase, as frangas começam gradualmente a pôr os primeiros ovos, e vão passando por vários níveis de postura ao longo das semanas seguintes.

Naturalmente, na fase produtiva, as galinhas são cuidadosamente acompanhadas, nomeadamente na alimentação. São, tal como na fase da recria, alimentadas com Ração proveniente da Rações Zêzere, empresa do Grupo, onde é existe um rigoroso controlo na escolha das matérias-primas.

  • CM1 - Casal Mourão n.º 1 - capacidade 118000 aves
  • CM3 - Casal Mourão n.º 3 - capacidade 54000 aves
  • CM4 - Casal Mourão n.º 4 - capacidade 150000 aves
  • RM2 - Ribeiro da Mata n.º 2 - capacidade 38000 aves
  • CM5 - Casal Mourão n.º 5 - capacidade 150000 aves (em construção)

With an age of aproximatly 18 weeks, the laying hens are already prepared to be hold in the laying farms.

After this process, the laying hens start a new cicle, the laying fase. In this fase the laying hens gradually start to lay the first eggs, and go through various levels of laying, in the next weeks.

In the laying fase, the hens are carefully monitorized, particulary about the feeding. The laying hens are, as in the rearing fase, feeded by feed produced by Rações Zêzere, a group company, where the raw materials are carefuly chosen.

  • CM1 - Casal Mourão n.º 1 - 118000 laying hens capacity
  • CM3 - Casal Mourão n.º 3 - 54000 laying hens capacity
  • CM4 - Casal Mourão n.º 4 - 150000 laying hens capacity
  • RM2 - Ribeiro da Mata n.º 2 - 38000 laying hens capacity
  • CM5 - Casal Mourão n.º 5 - 150000 laying hens capacity (under construction)

Com a idade de aproximadamente 18 semanas, as frangas estão já em condições de serem acolhidas nas unidades de postura.

Após este processo, as frangas iniciam novo ciclo, a fase de postura. Neste fase, as frangas começam gradualmente a pôr os primeiros ovos, e vão passando por vários níveis de postura ao longo das semanas seguintes.

Naturalmente, na fase produtiva, as galinhas são cuidadosamente acompanhadas, nomeadamente na alimentação. São, tal como na fase da recria, alimentadas com Ração proveniente da Rações Zêzere, empresa do Grupo, onde é existe um rigoroso controlo na escolha das matérias-primas.

  • CM1 - Casal Mourão n.º 1 - capacidade 118000 aves
  • CM3 - Casal Mourão n.º 3 - capacidade 54000 aves
  • CM4 - Casal Mourão n.º 4 - capacidade 150000 aves
  • RM2 - Ribeiro da Mata n.º 2 - capacidade 38000 aves
  • CM5 - Casal Mourão n.º 5 - capacidade 150000 aves (em construção)

Com a idade de aproximadamente 18 semanas, as frangas estão já em condições de serem acolhidas nas unidades de postura.

Após este processo, as frangas iniciam novo ciclo, a fase de postura. Neste fase, as frangas começam gradualmente a pôr os primeiros ovos, e vão passando por vários níveis de postura ao longo das semanas seguintes.

Naturalmente, na fase produtiva, as galinhas são cuidadosamente acompanhadas, nomeadamente na alimentação. São, tal como na fase da recria, alimentadas com Ração proveniente da Rações Zêzere, empresa do Grupo, onde é existe um rigoroso controlo na escolha das matérias-primas.

  • CM1 - Casal Mourão n.º 1 - capacidade 118000 aves
  • CM3 - Casal Mourão n.º 3 - capacidade 54000 aves
  • CM4 - Casal Mourão n.º 4 - capacidade 150000 aves
  • RM2 - Ribeiro da Mata n.º 2 - capacidade 38000 aves
  • CM5 - Casal Mourão n.º 5 - capacidade 150000 aves (em construção)

Inspection and gradingInspection and gradingInspection and gradingInspection and grading

Após recolha automática em todos os centros de postura, são efetuadas recolhas manuais destinadas a amostragem para análises de rotina e seguidamente os ovos são encaminhados igualmente de forma automatizada para o Centro de Classificação. Aí são alvo de uma primeira inspecção, para serem seleccionados pela sua categoria.

Seguidamente os ovos são inseridos na Classificadora (com uma capacidade de classificação de 120.000 ovos/hora) onde, numa primeira fase, são submetidos a inspeções pelo Ovoscópio Automático e pelo detetor de vestígios de sangue e de ovos fissurados.

Aí são detetadas eventuais anomalias na casca e no aspeto geral do interior do ovo. Todos os ovos que não correspondam às características mínimas de qualidade, são retirados do processo e encaminhados para a unidade de subprodutos onde se procede à sua destruição.

Na fase seguinte os ovos são selecionados pelo seu peso e através de sensíveis dispositivos de movimentação, são encaminhados para as respetivas linhas de embalamento, onde são finalmente embalados ou armazenados, a granel, em paletes (podendo ser posteriormente, novamente inseridos na classificadora através do dispositivo Carregador Automático, de forma a serem então embalados conforme necessidades de encomendas).

Todos os ovos produzidos pelo nosso núcleo de produção são sujeitos a este processo rigoroso. Desta forma conseguimos assegurar que que todos os ovos são classificados, inspecionados e embalados de acordo com as normas de seguranca e higiéne que regulam esta atividade.

After an automatic collection in all of the laying farms, manual collects are made, destined to be routine monitoring samples. Then all the eggs are automatically transported, to the packing centre. There the eggs are exposed to a first inspection, to be selected by its size.

After that, the eggs go to the egg grader (with a grade capacity of 120.000 eggs/hour) where, in an early phase, are submitted to Automatic Egginspector verification and crack and blood detector, as well.

There are detected possible shell and general interior look defects. All the eggs that do not correspond to the minimum quality characteristics, are taken from the process and submitted to the sub-product unit, where they are destroyed.

In the next stage, the eggs are selected by its weight and, through sensitive moving devices, they are submitted to the corresponding packing lines, where are packed or stored in bulk and paletized.

All the eggs produced in our production centre, are subimited to this rigorous process. In this way, we can assure that all of our eggs are graded, inspected and packed according to the security and hygiene standards, that regulate this activity.

Após recolha automática em todos os centros de postura, são efetuadas recolhas manuais destinadas a amostragem para análises de rotina e seguidamente os ovos são encaminhados igualmente de forma automatizada para o Centro de Classificação. Aí são alvo de uma primeira inspecção, para serem seleccionados pela sua categoria.

Seguidamente os ovos são inseridos na Classificadora (com uma capacidade de classificação de 120.000 ovos/hora) onde, numa primeira fase, são submetidos a inspeções pelo Ovoscópio Automático e pelo detetor de vestígios de sangue e de ovos fissurados.

Aí são detetadas eventuais anomalias na casca e no aspeto geral do interior do ovo. Todos os ovos que não correspondam às características mínimas de qualidade, são retirados do processo e encaminhados para a unidade de subprodutos onde se procede à sua destruição.

Na fase seguinte os ovos são selecionados pelo seu peso e através de sensíveis dispositivos de movimentação, são encaminhados para as respetivas linhas de embalamento, onde são finalmente embalados ou armazenados, a granel, em paletes (podendo ser posteriormente, novamente inseridos na classificadora através do dispositivo Carregador Automático, de forma a serem então embalados conforme necessidades de encomendas).

Todos os ovos produzidos pelo nosso núcleo de produção são sujeitos a este processo rigoroso. Desta forma conseguimos assegurar que que todos os ovos são classificados, inspecionados e embalados de acordo com as normas de seguranca e higiéne que regulam esta atividade.

Após recolha automática em todos os centros de postura, são efetuadas recolhas manuais destinadas a amostragem para análises de rotina e seguidamente os ovos são encaminhados igualmente de forma automatizada para o Centro de Classificação. Aí são alvo de uma primeira inspecção, para serem seleccionados pela sua categoria.

Seguidamente os ovos são inseridos na Classificadora (com uma capacidade de classificação de 120.000 ovos/hora) onde, numa primeira fase, são submetidos a inspeções pelo Ovoscópio Automático e pelo detetor de vestígios de sangue e de ovos fissurados.

Aí são detetadas eventuais anomalias na casca e no aspeto geral do interior do ovo. Todos os ovos que não correspondam às características mínimas de qualidade, são retirados do processo e encaminhados para a unidade de subprodutos onde se procede à sua destruição.

Na fase seguinte os ovos são selecionados pelo seu peso e através de sensíveis dispositivos de movimentação, são encaminhados para as respetivas linhas de embalamento, onde são finalmente embalados ou armazenados, a granel, em paletes (podendo ser posteriormente, novamente inseridos na classificadora através do dispositivo Carregador Automático, de forma a serem então embalados conforme necessidades de encomendas).

Todos os ovos produzidos pelo nosso núcleo de produção são sujeitos a este processo rigoroso. Desta forma conseguimos assegurar que que todos os ovos são classificados, inspecionados e embalados de acordo com as normas de seguranca e higiéne que regulam esta atividade.

Logística e DistribuiçãoLogístics and distributionLogística e DistribuiçãoLogística e Distribuição

Toda a logística e distribuição do produto final são igualmente controladas com rigor.

O produto é recolhido, armazenado e transportado com grande eficácia e com temperatura, humidade e luminosidade, mantidas a níveis controlados.

Este cuidadoso controlo, permite manter as características do produto deste a sua primeira fase até ao consumidor final, o que se traduz na colocação no mercado de um produto de alta qualidade.

All of the logistics and distribution of the final product, are also monitorized with rigor.

The product is collected, stored and transported with large effectiveness and with controled levels of temperature, humidity and light.

This careful monitoring, allows us to mantain the product characteristics since the early phase until the final costumer.

Toda a logística e distribuição do produto final são igualmente controladas com rigor.

O produto é recolhido, armazenado e transportado com grande eficácia e com temperatura, humidade e luminosidade, mantidas a níveis controlados.

Este cuidadoso controlo, permite manter as características do produto deste a sua primeira fase até ao consumidor final, o que se traduz na colocação no mercado de um produto de alta qualidade.

Toda a logística e distribuição do produto final são igualmente controladas com rigor.

O produto é recolhido, armazenado e transportado com grande eficácia e com temperatura, humidade e luminosidade, mantidas a níveis controlados.

Este cuidadoso controlo, permite manter as características do produto deste a sua primeira fase até ao consumidor final, o que se traduz na colocação no mercado de um produto de alta qualidade.

Qualidade e AmbienteQuality and environmentQualidade e AmbienteQualidade e Ambiente

De forma regular, são realizadas análises às características dos ovos, nomeadamente no que diz respeito aos seus teores microbiológicos e composição química.

Todos os ovos são objeto de uma selecção minuciosa, só chegando ao mercado aqueles que passem por estes testes rigorosos.

Este controlo é assegurado pelo nosso Departamento da Qualidade, apoiado por um laboratório de química e outro de microbiologia, existente numa empresa do grupo.

A nossa empresa é certificada pela SGS, nas atividades de Recria, Produção, Inspecção e Classificação de Ovos, de acordo com a norma ISO 9001.

Para além disso a Uniovo acaba de receber da SGS a certificação alimentar pela norma IFS Food (International Featured Standards), que garante a qualidade do produto nos mercados internacionais.

Esta certificação representa uma garantia adicional tanto para clientes como para fornecedores, no que diz respeito à segurança alimentar e qualidade dos processos e produtos. A nossa empresa obteve uma pontuação de 98,42%, considerado um nível de excelência, no final da auditoria da SGS, líder mundial em inspecção, verificação, análises e certificação

A responsabilidade social é uma preocupação constante da nossa empresa. A utilização de energias renováveis, que não produzem efeitos negativos em termos de impacto ambiental é uma aposta da Uniovo, que possui duas unidades de miniproducao de energia elétrica.

Para além disso as nossas instalações são inseridas num espaço verde, onde são frequentemente plantadas árvores, arbustos e outras plantas.

On a regular basis, the egg characteristics are analysed, particularly their microbiological levels and chemical composition.

All eggs pass throughout a meticulous selection, before they reach the market. This level of control is assured by our Quality Department, supported by a chemistry and microbiology laboratories, which belongs to a group company.

Our company is certified by SGS, on the activities of pullet rearing, and egg production, inspection and grading, according to ISO 9001 standard.

Besides that, our company just received from SGS, the food certification according IFS standard (International Featured Standards), which assures a quality product on the international markets.

This certification means an aditional assurance, not only for our clients but also for our suppliers, in terms of food safety and process and product quality. Our company reached a score of 98,42%, considered a level of excellence.

Social responsability is a constant concern of our company. We put a lot of effort on the usage of renewable energy, which does not produce negative effects in termos of environmental impact.

Besides our two electricity production units, our facilities are placed in a green space, where trees and other plants are often planted.

De forma regular, são realizadas análises às características dos ovos, nomeadamente no que diz respeito aos seus teores microbiológicos e composição química.

Todos os ovos são objeto de uma selecção minuciosa, só chegando ao mercado aqueles que passem por estes testes rigorosos.

Este controlo é assegurado pelo nosso Departamento da Qualidade, apoiado por um laboratório de química e outro de microbiologia, existente numa empresa do grupo.

A nossa empresa é certificada pela SGS, nas atividades de Recria, Produção, Inspecção e Classificação de Ovos, de acordo com a norma ISO 9001.

Para além disso a Uniovo acaba de receber da SGS a certificação alimentar pela norma IFS Food (International Featured Standards), que garante a qualidade do produto nos mercados internacionais.

Esta certificação representa uma garantia adicional tanto para clientes como para fornecedores, no que diz respeito à segurança alimentar e qualidade dos processos e produtos. A nossa empresa obteve uma pontuação de 98,42%, considerado um nível de excelência, no final da auditoria da SGS, líder mundial em inspecção, verificação, análises e certificação

A responsabilidade social é uma preocupação constante da nossa empresa. A utilização de energias renováveis, que não produzem efeitos negativos em termos de impacto ambiental é uma aposta da Uniovo, que possui duas unidades de miniproducao de energia elétrica.

Para além disso as nossas instalações são inseridas num espaço verde, onde são frequentemente plantadas árvores, arbustos e outras plantas.

De forma regular, são realizadas análises às características dos ovos, nomeadamente no que diz respeito aos seus teores microbiológicos e composição química.

Todos os ovos são objeto de uma selecção minuciosa, só chegando ao mercado aqueles que passem por estes testes rigorosos.

Este controlo é assegurado pelo nosso Departamento da Qualidade, apoiado por um laboratório de química e outro de microbiologia, existente numa empresa do grupo.

A nossa empresa é certificada pela SGS, nas atividades de Recria, Produção, Inspecção e Classificação de Ovos, de acordo com a norma ISO 9001.

Para além disso a Uniovo acaba de receber da SGS a certificação alimentar pela norma IFS Food (International Featured Standards), que garante a qualidade do produto nos mercados internacionais.

Esta certificação representa uma garantia adicional tanto para clientes como para fornecedores, no que diz respeito à segurança alimentar e qualidade dos processos e produtos. A nossa empresa obteve uma pontuação de 98,42%, considerado um nível de excelência, no final da auditoria da SGS, líder mundial em inspecção, verificação, análises e certificação

A responsabilidade social é uma preocupação constante da nossa empresa. A utilização de energias renováveis, que não produzem efeitos negativos em termos de impacto ambiental é uma aposta da Uniovo, que possui duas unidades de miniproducao de energia elétrica.

Para além disso as nossas instalações são inseridas num espaço verde, onde são frequentemente plantadas árvores, arbustos e outras plantas.